A veces la espera merece la pena: esta adorable pareja esperó 60 años para hacer las fotos de su boda

Captura De Pantalla 2017 09 28 A Las 10 47 05

La boda de nuestros sueños no tiene por qué ser una lujosa fiesta con más de cuatrocientos invitados y barra libre de champán. Para Dona Rosa y Seu Russo fue una celebración íntima en el año 1957 en la que decidieron prescindir de muchos básicos, incluido el fotógrafo de bodas. Entonces les pareció un gasto innecesario y solo necesitaron a un puñado de amigos y de familiares a su lado.

Pero hoy, sesenta años después han decidido que nunca es tarde para tener un recuerdo de aquel día… y de todos los que han venido después.

Nueve hijos, catorce nietos y cuatro bisnietos después, esta encantadora pareja de Brasil ha protagonizado una sesión fotográfica sellando su amor. Aunque ambos recuerdan su boda con cariño e ilusión, nunca hubo ninguna foto para enseñar, ningún recuerdo físico para rememorar ese día.

Por eso mismo, su familia recurrió al estudio Sao Paolo Fotografía para recrear las fotos de boda de Rosa y Russo sesenta años después de decir “sí, quiero”

Que sorte nossa poder fazer parte disso ♥️ Era 1957 quando eles começaram a escrever essa história. O avô preparava o quintal, a tia fazia o bolo, a madrinha costurava o vestido. Era o dia do casamento da Rosinha e do menino Russo. A família reunida para festejar. No coração deles a FÉ de construir uma vida boa juntos. Eles nem imaginavam que seriam pais e 9 filhos, 16 netos e 4 bisnetos e que estariam vendo tudo isso 60 anos depois. Tudo guardado na lembrança, porém…eles não tinham nenhuma foto para mostrar. Assim, fornecedores do interior de São Paulo se reuniram para oferecer ao casal um registro que ilustrasse esse capítulo. Como um miniwedding, preparado com a excelência e a cumplicidade de todos os envolvidos na ESPERANÇA de desenhar um resgate do momento onde tudo começou e essa conquista merecia mãos sensíveis e emocionadas que sabem o valor desse momento e participam com comprometimento do SIM de tantos casais que escolhem começar. CASAMENTO!!! Exercício profundo e genuíno do AMOR. CELEBRAÇÃO!!! Festejar o triunfo de assumir e nutrir uma relação. Um momento único que continua vibrando e fica guardado na nossa caixinha de memória feliz e que quando lembrada e visualizada faz o coração suspirar. Texto e Celebrante: @pais_em_paz Espaço: @chacaraterraprometida Fotografia e Filmagem: @saopaulofotografia Beleza: @corealmaoficial Vestido Dona Rosa: @rcamposatelier Traje Seu Russo: @villaroma.limeira Decoração: @vai.peralta Buquê: @grabarriviera

Una publicación compartida de São Paulo Fotografia (@saopaulofotografia) el

La pareja viajó en compañía de sus seres queridos hasta un lugar muy especial en São Paulo, Chacara Terra Prometida donde un grupo de creativos habían preparado un escenario ideal para hacer las fotos. Por no mencionar el vestido vintage de ensueño que tenían preparado para Rosa.

Apaixonados pela beleza deles ♥️. Era 1957 quando eles começaram a escrever essa história. O avô preparava o quintal, a tia fazia o bolo, a madrinha costurava o vestido. Era o dia do casamento da Rosinha e do menino Russo. A família reunida para festejar. No coração deles a FÉ de construir uma vida boa juntos. Eles nem imaginavam que seriam pais e 9 filhos, 16 netos e 4 bisnetos e que estariam vendo tudo isso 60 anos depois. Tudo guardado na lembrança, porém…eles não tinham nenhuma foto para mostrar. Assim, fornecedores do interior de São Paulo se reuniram para oferecer ao casal um registro que ilustrasse esse capítulo. Como um miniwedding, preparado com a excelência e a cumplicidade de todos os envolvidos na ESPERANÇA de desenhar um resgate do momento onde tudo começou e essa conquista merecia mãos sensíveis e emocionadas que sabem o valor desse momento e participam com comprometimento do SIM de tantos casais que escolhem começar. CASAMENTO!!! Exercício profundo e genuíno do AMOR. CELEBRAÇÃO!!! Festejar o triunfo de assumir e nutrir uma relação. Um momento único que continua vibrando e fica guardado na nossa caixinha de memória feliz e que quando lembrada e visualizada faz o coração suspirar. Texto e Celebrante: @pais_em_paz Espaço: @chacaraterraprometida Fotografia e Filmagem: @saopaulofotografia Beleza: @corealmaoficial Vestido Dona Rosa: @rcamposatelier Traje Seu Russo: @villaroma.limeira Decoração: @vai.peralta Buquê: @grabarriviera

Una publicación compartida de São Paulo Fotografia (@saopaulofotografia) el

Acima de tudo o amor ❤️ Era 1957 quando eles começaram a escrever essa história. O avô preparava o quintal, a tia fazia o bolo, a madrinha costurava o vestido. Era o dia do casamento da Rosinha e do menino Russo. A família reunida para festejar. No coração deles a FÉ de construir uma vida boa juntos. Eles nem imaginavam que seriam pais e 9 filhos, 16 netos e 4 bisnetos e que estariam vendo tudo isso 60 anos depois. Tudo guardado na lembrança, porém…eles não tinham nenhuma foto para mostrar. Assim, fornecedores do interior de São Paulo se reuniram para oferecer ao casal um registro que ilustrasse esse capítulo. Como um miniwedding preparado com a excelência e a cumplicidade de todos os envolvidos na ESPERANÇA de desenhar um resgate do momento onde tudo começou e essa conquista merecia mãos sensíveis e emocionadas que sabem o valor desse momento e participam com comprometimento do SIM de tantos casais que escolhem começar. CASAMENTO!!! Exercício profundo e genuíno do AMOR. CELEBRAÇÃO!!! Festejar o triunfo de assumir e nutrir uma relação. Um momento único que continua vibrando e fica guardado na nossa caixinha de memória feliz e que quando lembrada e visualizada faz o coração suspirar. Texto e Celebrante: @pais_em_paz Espaço: @chacaraterraprometida Fotografia e Filmagem: @saopaulofotografia Beleza: @corealmaoficial Vestido Dona Rosa: @rcamposatelier Traje Seu Russo: @villaroma.limeira Decoração: @vai.peralta Buquê: @grabarriviera

Una publicación compartida de São Paulo Fotografia (@saopaulofotografia) el

Luz dela ♥️ Era 1957 quando eles começaram a escrever essa história. O avô preparava o quintal, a tia fazia o bolo, a madrinha costurava o vestido. Era o dia do casamento da Rosinha e do menino Russo. A família reunida para festejar. No coração deles a FÉ de construir uma vida boa juntos. Eles nem imaginavam que seriam pais e 9 filhos, 16 netos e 4 bisnetos e que estariam vendo tudo isso 60 anos depois. Tudo guardado na lembrança, porém…eles não tinham nenhuma foto para mostrar. Assim, fornecedores do interior de São Paulo se reuniram para oferecer ao casal um registro que ilustrasse esse capítulo. Como um miniwedding, preparado com a excelência e a cumplicidade de todos os envolvidos na ESPERANÇA de desenhar um resgate do momento onde tudo começou e essa conquista merecia mãos sensíveis e emocionadas que sabem o valor desse momento e participam com comprometimento do SIM de tantos casais que escolhem começar. CASAMENTO!!! Exercício profundo e genuíno do AMOR. CELEBRAÇÃO!!! Festejar o triunfo de assumir e nutrir uma relação. Um momento único que continua vibrando e fica guardado na nossa caixinha de memória feliz e que quando lembrada e visualizada faz o coração suspirar. Texto e Celebrante: @pais_em_paz Espaço: @chacaraterraprometida Fotografia e Filmagem: @saopaulofotografia Beleza: @corealmaoficial Vestido Dona Rosa: @rcamposatelier Traje Seu Russo: @villaroma.limeira Decoração: @vai.peralta Buquê: @grabarriviera

Una publicación compartida de São Paulo Fotografia (@saopaulofotografia) el

Fotos| @saopaulofotografia

En Trendencias| La pareja que se hizo millonaria queriéndose en Instagram ahora se odia y también usan las redes para ello

También te recomendamos

Un dilema para el autónomo, ¿cotizar extra o no para tener derecho a paro?

Esta es la historia de amor favorita de Instagram: prometió casarse con ella a los tres años y, 20 años después, lo hizo

Un bosque en forma de corazón: el gesto más romántico que emociona en las redes sociales


La noticia

A veces la espera merece la pena: esta adorable pareja esperó 60 años para hacer las fotos de su boda

fue publicada originalmente en

Trendencias

por
Rebeca Rus

.


Fuente: Trendencias

(2)